Agroceres Multimix SI
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie

Números dos machos suínos Embrapa MS58 e MS60

Andrea Quevedo
14-Nov-2001 16:33 - Atualizado em 20/04/2016 14:35

Redação SI 14/11/2001 - Desde o seu lançamento, realizado em 1996, o macho suíno Embrapa MS58 vendeu mais de 9 mil exemplares. Só em 2000, foram comercializados 2694 animais. O Embrapa MS58 é resultado da parceria entre a Embrapa Suínos e Aves, de Concórdia (SC), e a Cooperativa Central Oeste Catarinense (Aurora),
de Chapecó, no programa de desenvolvimento genético suíno. O programa começou em 1992, quando as pesquisas para o desenvolvimento de um macho suíno terminal, com altos índices de carne magra, melhor conformação e rendimento dos cortes nobres, iniciaram-se na Embrapa. O objetivo do trabalho era disponibilizar aos pequenos e médios produtores, e aos próprios integrados da Aurora, suínos de alta qualidade genética a preço acessível.

O sucesso do Embrapa MS58 (mínimo de 58% de carne magra na carcaça) foi tão grande, que as parceiras decidiram avançar seu programa e desenvolveram o macho Embrapa MS60 (na foto - mínimo de 60% de carne magra na carcaça). O novo animal foi lançado oficialmente ao mercado em agosto do ano passado. De acordo com Jerônimo Antonio Fávero, pesquisador do departamento de Melhoramento Genético Suíno da Embrapa, os machos MS58 já estão presentes em 14 Estados brasileiros. "Os descendentes dos machos Embrapa MS58 e alguns MS60, em 2000, totalizando 1.494.347 cabeças, correspondem a 25% do abate SIF de Santa Catarina e 7,7% do abate SIF do Brasil", diz. "Também correspondem a 91% do abate da Aurora, em 2000, terceiro maior abate de suínos do País". A fila de espera para aquisição dos animais Embrapa, devido à grande procura, está durando cerca de um ano.

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade