Rainha da Paz
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Comentário

O Crescimento dos produtos biológicos como uma das principais ferramentas de combate a Pragas e Doenças de difícil controle.

Algumas projeções apontam que os produtos biológicos representarão 20% do mercado em 2025.

Renato Seraphim

Agrônomo formado pela Unesp, possui pós-graduação em Marketing pela FGV e especialização em Agronegócio pelo Pensa-USP, FDC, Insead e Purdue University. Com 25 anos de experiência em Agronegócio, atou por importantes companhias do setor.

10-Mar-2021 13:54 - Atualizado em 10/03/2021 14:05

O mercado de defensivos agrícolas no Brasil fechou 2020 em US $ 11,8 bilhões contra US $ 12,7 bilhões em 2019. O principal motivo dessa queda de 7%, foi o câmbio, com a forte desvalorização do real, e também com a antecipação de compras por parte dos Agricultores 20/21 e 21/22 devido aos fortes preços da Soja, Milho, Algodão e Açúcar.

As Quatro Grandes empresas representaram 57,5% do mercado, evidenciando o aumento de produtos pós-patenteados no mercado e com um forte crescimento da Ouro Fino, uma empresa genuinamente brasileira, que hoje faz parte das 10 maiores empresas de defensivos agrícolas do Brasil.

Outro ponto que chamou a atenção no mercado foi o forte crescimento do mercado de Biológicos que cresceu 34% em relação a 2019, e  já representando 2,5% do mercado. Algumas projeções apontam que os produtos biológicos representarão 20% do mercado em 2025.

Segundo a Spark, o maior mercado para os “biológicos”, é semelhante ao de defensivos agrícolas;

A soja representou 59% das vendas e a cana 27%. Ainda, de acordo com o estudo, os produtos biológicos são divididos em importância e indicação da seguinte forma: Inseticidas com 41% de participação, nematicidas (35%) e fungicidas (24%)

Os principais motivo para esse crescimento foram:

  • Maior resistência a pragas e doenças, com queda acentuada no desempenho de produtos químicos e fornecimento limitado de novas moléculas
  • Destruição indiscriminada de insetos benéficos e consequente surto de pragas secundárias
  • Diminuição da atividade biológica do solo com consequentes impactos na produtividade das culturas
  • Consumidores em todo o mundo exigindo postura comercial mais sustentável e consciente por parte das empresas, levando-as a ofertarem produtos biológicos no seu portfolio.
  • Apoio do Governo Federal para o setor de Bioinsumos com a menor desburocratização do setor.

Outra razão para esse forte crescimento foi a dificuldade de controle das pragas e doenças de difícil controle por métodos tradicionais, visto que antigos Agroquímicos que controlavam essas pragas foram banidos do mercado, sendo necessário criar novas alternativas, dentre os exemplos dessas pragas e doenças de difícil controle estão Nematóides, Mofo Branco, Ferrugem da soja, Moscas-brancas, Percevejos e Cigarrinhas.

Outra forte razão, são que os biológicos, estão muito mais alinhados com o futuro do setor agrícola, como o consumo consciente através de uma agroindústria mais lógica e mais tecnológica e com a necessidade de uma nova agricultura, mas nem tudo é otimismo no setor, visto que existem alguns problemas a resolver como:

  • Formulações mais modernas, onde é urgente a necessidade de melhorar a qualidade e investir em novas tecnologias, que já são utilizadas em outros setores como o de medicamentos. (Exemplo: antibióticos que não precisam de armazenamento e com tempo de prateleira superior)
  • Prazo de validade e armazenamento. Não é fácil para os distribuidores lidar com o curto período de validade e armazenar produtos em geladeiras e freezers.
  • Confiabilidade: Como a barreira de entrada neste setor não é difícil, muitas empresas entram sem boa qualidade gerando resultados insatisfatórios e desconfiança.
  • Melhor explicação sobre o manejo consciente. Biológicos e produtos para proteção de cultivos terão que ser usados ??em conjunto para melhorar o controle e nos trazer melhores resultados, além do fato de que os biológicos precisam ser usados consistentemente para maior controle.

Nas próximas semanas, compartilharei informações sobre alguns produtos Biológicos no Brasil, que acredito fortemente no crescimento para os próximos anos.

,
1

Vou começar com a tecnologia da Openeen, uma empresa privada brasileira com sede em São Paulo que desenvolve e distribuem biofertilizantes e produtos biológicos, com uma forte base botânica de sua floresta própria localizada no norte do Brasil. As árvores de Neem são as grandes protagonistas, também conhecidas como Nim, Margosa, Lila Índio, Melia, Azadirachta ou Azaradirachta indica.

A diferença da tecnologia da openeen para outros produtos baseados no Neen é que essa utiliza mais de 300 compostos, de diferentes partes da árvore e que agem em sinergia para um controle mais eficaz. O foco da empresa é inovar e unir a força da natureza com tecnologia de ponta para solucionar os desafios agrícolas, ampliando a produtividade através do uso de um manejo integrado de pragas.

Com uma formulação líquida e muito bem estabelecida, o bioinseticida orgânico tem ação sistêmica e translaminar, e que atua de forma eficiente na prevenção e no manejo de pragas, mantendo a população abaixo do nível de prejuízo econômico. Adequado para a produção convencional e orgânica no controle integrado de pragas e manejo da resistência química. As principais vantagens desses produtos são:

  • Seletividade contra inimigos naturais
  • Ação Translaminar fazendo com que o produto atinja as pragas difíceis de alcançar na pulverização
  • Compatibilidade com a maioria dos produtos, não afetando o desempenho e miscibilidade.
  • Independente das condições meteorológicas
  • Permite aplicações aérea e com volumes ultrabaixo
  • Custo-benefício competitivo
  • Presença de Aminoácidos naturais, e de rápida absorção conferindo ação maior eficiência das plantas.

Opennen Plus é o principal produto da empresa, e é um regulador de crescimento que interfere na ecdise e causa disfunções neurológicas, alimentares e reprodutivas nas classes de sugadores e mastigadores, ajudando a manter uma baixa população de pragas e promovendo a redução do número de aplicações devido ao efeito residual do produto. É usado sempre em conjunto com os produtos químicos, e é uma combinação perfeita de manejo de pragas para o manejo de resistência.

A árvore farmácia, como é tão conhecida em seu continente de origem, têm propriedades inseticidas, bactericidas, antifúngicas, anti-inflamatórias, antivirais, repelentes e antissépticas, o que dá a opennen, a possibilidade de trazer ao mercado no futuro uma série de novos produtos, tanto para a agricultura como para o mercado para a saúde animal e humana.

Na agricultura serão produtos que irão ajudar muito o agricultor a melhorar a produtividade e a qualidade de seus cultivos por um melhor controle de pragas e doenças, e o que é melhor, de uma forma sustentável.

 

 

 

Reference: AgroPages-Biologicals crop protection in Brazilian agriculture-Agricultural news www.openeem.life

 

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade