AveSui2021
29-Jun-2020 09:44
Sanidade

OIE recebe 540 novas notificações entre 11 e 25 de junho

A Nigéria relatou uma mudança inesperada na distribuição e aumento da morbimortalidade da peste suína africana

Entre os dias 11 e 25 de junho, foram notificados 540 novos surtos de Peste Suína Africana, em todo o mundo. É o que aponta relatório divulgado pela Organização Mundial para Saúde Animal (OIE). O total de surtos contínuos de PSA em todo o mundo é agora 7.154 (incluindo 3.489 surtos na Romênia e 1.703 surtos no Vietnã). No relatório anterior que contemplava o período de 29 de maio a 11 junho, 554 foram notificados como novos, enquanto 7.123 surtos estavam em andamento.

Conforme o relatório, a Romênia foi responsável pela maior parte das perdas na Europa e nenhuma perda foi registrada na Ásia. Na África, a Nigéria relatou uma mudança inesperada na distribuição e aumento da morbimortalidade da peste suína africana. Usando este motivo de notificação, não são fornecidos dados quantitativos sobre as perdas, consequentemente, o impacto da doença não pode ser medido.

No total 25 países notificaram surtos novos ou em andamento por meio de notificações imediatas e relatórios de acompanhamento no período, sendo 10 na Europa (Bulgária, Grécia, Hungria, Letônia, Moldávia, Polônia, Romênia, Rússia *, Sérvia e Ucrânia); 11 na Ásia (China, Índia, Indonésia, Coréia do Norte, Coréia do Sul, Laos, Mianmar, Papua Nova Guiné, Filipinas, Rússia, Timor Leste e Vietnã) e 4 na África (Costa do Marfim, Namíbia, Nigéria e África do Sul).

Nigéria

A peste suína africana tem sido relatada como estável na Nigéria desde 2008. No entanto, uma mudança inesperada na distribuição, morbidade e mortalidade foi confirmada em no mês de maio deste ano. Consequentemente, uma IN foi enviada para informar a OIE e seus países membros. O país declarou o seguinte:

“O surto começou em fevereiro, mas com fatalidade mínima, mas o número de mortalidades aumentou drasticamente em maio / junho. A população de suínos afetados está em uma área de produção  que alimenta vários outros mercados de suínos dentro e fora do país. Em 23 de junho de 2020: a doença já está confirmada em três estados com morbidade e mortalidade. Dois outros estados também relataram padrões de mortalidade semelhantes. ”

Redação SI
Deixe seu Recado