Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
IICA

Organismos internacionais reafirmaram compromisso de apoiar a agenda de recuperação das Américas

As autoridades comprometeram-se a contribuir para a construção da resiliência e capacidade de resposta de que a região necessita para estar melhor preparada para responder a crises futuras

Redação, com informações IICA
15-Jun-2022 08:03

Altas autoridades das instituições membros do Grupo de Trabalho Conjunto de Cúpulas (GTCC) reafirmaram seu compromisso de apoiar a agenda de recuperação pós-pandemia das Américas e os esforços para construir um futuro sustentável, resiliente e equitativo em uma declaração conjunta emitida na Nona Cúpula das Américas, realizada na semana passada em Los Angeles, Estados Unidos.

No documento, as autoridades reconheceram a necessidade urgente de redobrar os esforços para abordar de maneira coordenada, integral e efetiva o impacto da pandemia de COVID-19 na Américas — a região mais afetada do mundo —, bem como as incertezas do contexto político e fiscal regional, a fim de promover uma agenda coletiva e fortalecer a colaboração entre as organizações internacionais e as partes interessadas pertinentes, visando aplicar plenamente a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável no hemisfério.

Neste sentido, comprometeram-se a contribuir para o aumento da resiliência e da capacidade de resposta demandado pela região para estar mais bem preparada para responder a futuras crises.

Além disso, concordaram em fortalecer a coordenação e a colaboração entre as instituições membros do GTCC para apoiar a implementação e o acompanhamento da agenda hemisférica definida pelos compromissos da Nona Cúpula e otimizar a cooperação técnica, a execução eficaz de programas e o uso eficiente dos recursos, evitando a superposição e a duplicação do trabalho das instituições membros do GTCC, aumentando as oportunidades de financiamento para os países da região e assegurando a congruência no cumprimento dos compromissos emanados da Cúpula.

Na declaração conjunta, as autoridades também concordaram em proporcionar apoio técnico aos governos para a formulação dos planos de ação previstos em relação aos Compromissos Políticos da Cúpula e sua execução oportuna, para que os governos possam passar de compromissos a políticas e à ação para a recuperação e a reconstrução das Américas.

O Grupo de Trabalho Conjunto de Cúpulas é composto pela Secretaria Geral da Organização dos Estados Americanos (SG/OEA), o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), a Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL), a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), o Banco Mundial, o Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA), o Banco Centro-Americano de Integração Econômica (BCIE), o Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), a Organização Internacional de Migrações (OIM), a Organização Internacional do Trabalho (OIT), o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), o Banco de Desenvolvimento do Caribe (BDC) e a Secretaria da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Seu trabalho consiste em fornecer orientação técnica a países para a identificação e negociação dos assuntos tratados no Processo de Cúpulas. O GTCC também planeja e desempenha projetos e iniciativas para a implementação de compromissos das Cúpulas e apoia as Reuniões Ministeriais e seus vínculos ao Processo de Cúpulas. Além disso, o grupo participa em diálogos sobre políticas de Cúpulas para intercambiar ideias com respeito a enfoques de política no Processo de Cúpulas.

Assuntos do Momento

23 de Junho de 2022
Mercado Interno

Mesmo com entrada de 2ª quinzena, preços no mercado de suínos sobem

Segundo pesquisadores do Cepea, no caso do animal vivo, esse movimento de reação é influenciado pela baixa disponibilidade de suíno em peso ideal para abate, pelo clima ameno e por eventos festivos que favorecem o consumo

CNA pede mais R$ 710 milhões em 2022 para subvenção de apólices da safra verão
23 de Junho de 2022
Seguro Rural

CNA pede mais R$ 710 milhões em 2022 para subvenção de apólices da safra verão

Segundo nota da entidade, o crédito extra é necessário para garantir a cobertura do plantio da próxima safra de verão 2022/23 

21 de Junho de 2022
Exportações

Exportações de carne suína diminuem, mas mercado interno dá sinais de ajuste de oferta

Veja o panorama completo do mercado interno e externo de suínos durante o mês de junho

Aumento da margem de carne suína na China pode beneficiar grandes indústrias, como JBS e BRF
23 de Junho de 2022
Mercado

Aumento da margem de carne suína na China pode beneficiar grandes indústrias, como JBS e BRF

Após a redução no rebanho que vinha ocorrendo em função da diminuição da margem de carne suína na China, maio foi o primeiro mês de aumento do rebanho em 2022

Produção global de carne suína em 2022
22 de Junho de 2022
Comentário Suíno

Produção global de carne suína em 2022

Por Osler Desouzart, CEO da ODConsulting

Cresce a demanda por carne de frango e suína em Posadas, na Argentina
23 de Junho de 2022
Argentina

Cresce a demanda por carne de frango e suína em Posadas, na Argentina

“No total mais ou menos nós argentinos consumimos 110 kg de carne por ano e agora caiu para 47 kg, segundo os últimos dados que são de 2021”, disse Mariela Bernardi, administradora do Mercado Concentrado Posadas.

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade