Guia Gessulli
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie

Organização estudantil

Humberto Luís Marques - Redação SI
09-Abr-2002 09:51 - Atualizado em 20/04/2016 14:35

Redação SI 09/04/2002 - A XII Sacavet trouxe profissionais, mestrandos e doutorandos de diversas áreas para debater os principais temas que hoje envolvem a medicina veterinária e a zootecnia. O evento é organizado anualmente pelos alunos do último ano da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo (FMVZ/USP), em conjunto com o Centro Acadêmico Moacir Rossi Nilsson e com orientação do corpo docente da FMVZ. A Sacavet ocorreu de 23 a 29 de março e teve duas sedes: o campus de São Paulo e o de Pirassununga.

As palestras sobre suinocultura ocorrem no interior paulista. Foram abordados temas como alimentação líquida para suínos e o uso da ultra-sonografia na reprodução, além de doenças, mercado de trabalho e perspectivas para o setor. "Procuramos colocar temas que não são muito usais durante o curso de graduação", comenta Fernando Chucid, estudante e coordenador do curso de suinocultura.

Embora tenha como foco principal o aluno, o professor Aníbal Santanna Moretti, orientador do curso, explica que outros profissionais também são convidados a participar. "A divulgação e o convite são direcionados a todo e qualquer profissional, seja ele funcionário de granja ou de empresas".

Organizar um evento como este não é uma coisa fácil. Chucid vinha pensando nele desde o ano passado. "Desde a edição anterior da Sacavet eu já comecei a pensar no quê iria fazer no próximo ano", afirma o estudante. Para o professor Moretti, experiência como essas ajudam na formação do aluno. "É uma experiência nova para eles e acho importante também que o aluno organize eventos", afirma. "Principalmente para saber como é fácil", diz sorrindo o professor.

Temática -
Um dos temas abordados foram as doenças respiratórias em suínos, palestra feita pela mestranda Fabiana Moreira. Ela está cursando a pós-graduação na Escola de Veterinária da Universidade Federal de Goiás (UFG), em Goiânia. Ela destacou a preocupação com os fatores de risco que ocasionam as doenças, como superlotação, grandes variações de temperatura, ventilação e higiene. "Sem esses fatores de risco o animal tem o agente, mas não chega a desenvolver a doença", comenta Fabiana.

De acordo com ela, na região Sul, até pela tradição na suinocultura, essa já é uma preocupação antiga, com a adoção de várias medidas para o controle dos fatores de riscos. No Centro-Oeste, com uma suinocultura mais recente, já se iniciou a produção suinícola com uma certa atenção a esta questão. "São granjas de alta produção e se eles não se preocuparem com isso vão ter graves problemas", alerta.

O programa do curso de suinocultura também procurou mostrar aos participantes a realidade do mercado suinícola brasileiro. Com a palestra "Dificuldades e perspectivas de desenvolvimento do setor suinícola", o presidente da Associação Paulista de Criadores de Suínos (APCS), Valdomiro Ferreira Júnior, abordou as questões cruciais para o crescimento da atividade. O evento se encerrou no dia 27 de março em Pirassununga. No campus da USP em São Paulo ele terminou no dia 29 de março.

Assuntos do Momento

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade