Alltech
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Sanidade

Países aumentam fiscalização após caso de Peste Suína Africana nas Américas

Registro da doença na República Dominicana é o primeiro desde o surto ocorrido em 1978

Redação com informações de Valor e Reuters
30-Jul-2021 08:11 - Atualizado em 30/07/2021 08:35

Após os Estados Unidos confirmarem a volta da peste suína africana ao continente americano, a República Dominicana – país onde ocorreu o caso – e o México apertaram suas fiscalizações para conter a ameaça de uma doença que dizimou centenas de milhares de porcos na China nos últimos anos.

A República Dominicana está suspendendo os embarques de suínos em duas províncias e mobilizando os militares para conter a peste suína africana. Testes feitos pelos EUA em 389 amostras de porcos criados em fazendas e quintais dominicanas indicaram que a doença contagiosa está em “uma pequena população de porcos de quintal das províncias de Sánchez Ramírez e Montecristi”, segundo um comunicado do Ministério da Agricultura local.

A República Dominicana, com a ajuda dos Estados Unidos e outros país, matou todos os seus 1,4 milhão de porcos para encerrar seu último surto de peste suína africana em 1978, de acordo com um relatório apresentado à Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) em 1982.

O México está trabalhando com produtores de suínos para firmar medidas sanitárias e “vigilância epidemiológica”, disse o Ministério da Agricultura mexicano.

As autoridades mexicanas reforçarão as inspeções de animais em todos os portos, aeroportos e postos de fronteira. Eles também aumentarão as inspeções de cozinhas e resíduos em navios comerciais, navios de cruzeiro e aviões, e então selarão os resíduos para retornar ao seu país de origem ou garantir que sejam devidamente destruídos.

Ontem, os Estados Unidos também anunciaram medidas de contenção, como maior rigor nos aeroportos do país e a manutenção do embargo à carne suína da República Dominicana.

Assuntos do Momento

Haiti registra mais um caso de Peste Suína Africana nas Américas
21 de Setembro de 2021
Ocorrência Sanitária

Haiti registra mais um caso de Peste Suína Africana nas Américas

A ocorrência foi confirmada ontem (20/09) pela OIE; é o segundo caso da enfermidade na América Latina, o que acende um alerta ainda maior em toda a suinocultura da região

Preço do suíno vivo sobe em vários estados
20 de Setembro de 2021
Análise de Mercado

Preço do suíno vivo sobe em vários estados

Após um começo de mês nada animador para o segmento, a última semana registrou novos aumentos em várias praças. Valor poderia ser maior, mas baixo poder aquisitivo da população segue impedindo.

Situação é preocupante na suinocultura com custos superando preço do animal vivo
16 de Setembro de 2021
Custos

Situação é preocupante na suinocultura com custos superando preço do animal vivo

Quadro afeta especialmente os produtores independentes, que têm menos poder de fogo nas negociações de grãos para ração

Preços do milho seguem tendências distintas entre regiões, mas recuos prevalecem
20 de Setembro de 2021
Insumos

Preços do milho seguem tendências distintas entre regiões, mas recuos prevalecem

De acordo com colaboradores do Cepea, a liquidez segue baixa, com muitos compradores ausentes do mercado – esses agentes sinalizam ter estoques, pelo menos para curto prazo, e estão à espera de novas desvalorizações

20 de Setembro de 2021
EUA

Nos EUA, deputados democratas pedem recursos para prevenir peste suína africana

Grupo de deputados pediu US$ 75 milhões em recursos para que autoridades de saúde animal previnam e se preparem para um possível surto de PSA no país

Competitividade da carne de frango frente à suína é a menor em 9 anos
17 de Setembro de 2021
Mercado

Competitividade da carne de frango frente à suína é a menor em 9 anos

Levantamento do Cepea mostra que, na média deste mês (até o dia 15), a diferença entre a carcaça especial suína, também comercializada na Grande São Paulo, e o frango inteiro é de apenas 1,19 Reais/kg

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade