Guia Gessulli
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie

Para os consumidores americanos o sabor é o fator mais importante da carne suína

Andrea Quevedo - Redação Suinocultura Industrial
05-Set-2001 11:27 - Atualizado em 20/04/2016 14:35

Redação SI 05/09/2001 11:27 - Os consumidores americanos, de acordo com uma pesquisa realizada pelo USDA, elegem a carne suína como a mais gostosa entre as outras devido aos seguintes quesitos (em ordem de importância):

- sabor
- valor nutritivo
- segurança alimentar
- preço
- durabilidade

No Brasil, o consumo de carne suína ainda é considerado muito baixo (10,4 kg per capita/ano). Segundo o pesquisador da Embrapa Suínos e Aves e professor da Universidade de Concórdia (SC), Oldemir Chiuchetta, os brasileiros consomem pouco a carne suína porque:

- o preço é elevado;
- as agroindústrias são especializadas na industrialização dos produtos de carne suína, o que eleva o preço ao consumidor;
- os brasileiros ainda conservam muitos tabus e preconceitos sobre a carne suína (conceitos de carne gordurosa e maléfica à saúde).

A carne suína é a mais consumida no mundo. Países como a Dinamarca, Espanha e a Alemanha registram consumo per capita anual da carne de 70 kg, 65 kg e 57 kg, respectivamente. O Brasil posiciona-se como o 7o. maior produtor mundial da carne suína, com 1,9 milhão de toneladas. Os Estados Unidos ocupam o segundo lugar nesse ranking (9 milhões de toneladas). A primeira posição é da China com produção acima de 40 milhões de toneladas por ano.

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade