Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Ciência

Paraná lança programa de bolsas para pesquisadores que ajudarem cientistas da Ucrânia

As propostas aprovadas serão financiadas no limite de até R$ 888 mil. O objetivo é acolher, apoiar e incentivar trabalhos em cooperação com pesquisadores ucranianos

Redação, com informações AEN
12-Mai-2022 08:31

A Fundação Araucária e a Superintendência de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior divulgam nesta quarta-feira (11) a chamada pública referente ao Programa Institucional Universidades [email protected]: Acolhimento Extensionista aos Cientistas Ucranianos.

Ela é direcionada a pesquisadores e extensionistas das Instituições Científicas, Tecnológicas e de Inovação (ICT) do Paraná e o objetivo é acolher, apoiar e incentivar trabalhos em cooperação com pesquisadores ucranianos. O Governo do Paraná também já lançou o edital do Programa de Acolhida a Cientistas Ucranianas, cujo objetivo é apoiar financeiramente as próprias pesquisadoras europeias.

As propostas do novo edital serão financiadas no limite de até R$ 888 mil. Será disponibilizada uma Bolsa Orientador Extensionista no valor de R$ 1.375,00 mensais (período de execução de até 12 meses, com possibilidade de prorrogação por mais 12 meses), com objetivo de promover articulação com o Programa de Pós-Graduação em que está inserido o cientista ucraniano, acompanhar o pesquisador nas atividades extensionistas, e introduzir o pesquisador ucraniano no contexto extensionista das universidades paranaenses.

Também serão oferecidas Bolsas Técnico-Extensionistas de R$ 1.310,00 mensais (período de execução será de até seis meses) com objetivo primordial de acolhimento: colaborar na busca por moradia, acompanhando os cientistas em imobiliárias, apartamentos e/ou casas, orientar quanto ao uso do dinheiro brasileiro e do sistema de saúde pública, e acesso à documentação legal. 

Os objetivos gerais são prestar apoio nas atividades cotidianas dos pesquisadores ucranianos e suas famílias, integrando-os na vivência acadêmica brasileira por meio da extensão científica e apoiando na compreensão do idioma. Outra orientação geral é o apoio na adaptação às especificidades regionais de cada universidade acolhedora.

O edital ajuda a dar corpo para a elaboração de propostas inovadoras que contribuam para o desenvolvimento social da comunidade paranaense e integra os pesquisadores ucranianos aos Novos Arranjos de Pesquisa e Inovação no Paraná (NAPIs) que vêm sendo fomentados pela Fundação Araucária ou que apontam aderência a algum ecossistema de inovação.

As áreas prioritárias são agricultura e agronegócio, biotecnologia e saúde, energias inteligentes, cidades inteligentes, educação, sociedade e economia, desenvolvimento sustentável, e transformação digital.

“Este edital é mais uma ação relacionada ao Programa de Acolhida a Cientistas Ucranianas, iniciativa que tem como foco receber as cientistas na comunidade paranaense, mas também em colaborações conjuntas futuras para a reconstrução e fortalecimento da economia ucraniana por meio da ciência e inovação, tudo concretizado em parceria com o Governo do Estado”, destaca o presidente da Fundação Araucária, Ramiro Wahrhaftig.

“Ações como esta espelham a essência da extensão universitária, pois demonstram o que é pensar na transformação social por meio de medidas práticas. Extensão vai além da assistência social. Esse programa é uma oportunidade não apenas em termos solidários, mas também com o propósito de integração do conhecimento desses colegas com a nossa realidade”, completou a coordenadora do Fórum dos Pró-Reitores de Extensão das Instituições de Educação Superior Públicas Brasileiras da Regional Sul, Fabiana Regina Veloso.

CIENTISTAS UCRANIANAS – O edital para cientistas ucranianas conta com bolsas na categoria Pesquisador Visitante Especial 1 (PVE1), para pessoas com mais de cinco anos de experiência como docente universitária e com respectivo grau de produtividade acadêmica, com duração de até 24 meses cada, no valor mensal de R$ 10 mil; e categoria Pesquisador Visitante Especial 2 (PVE 2), para pessoas com menos de cinco anos de experiência como docente universitária, com duração de até 24 meses cada, no valor mensal de R$ 5.500,00. 

Cada pesquisador-visitante poderá receber auxílio complementar de R$ 1.000,00 para cada dependente abaixo de 18  anos e/ou ascendente acima de 60 anos. O limite será estabelecido em três complementos de R$ 1.000,00 para cada cientista selecionada.

Até o momento a Fundação Araucária recebeu 12 inscrições de pesquisadores que já tiveram seus planos de trabalho aprovados. A próxima etapa engloba as assinaturas dos convênios junto às Instituições de Ensino Superior que farão o acolhimento. Esse programa é de fluxo contínuo.

As propostas do novo edital já podem ser submetidas e a divulgação dos resultados será realizada por meio de Ato da Diretoria Executiva no site da Fundação Araucária. Para ter acesso ao edital clique AQUI.

Assuntos do Momento

Colheita de soja na Argentina alcança 64,9% da área apta; de milho atinge 25,8%
13 de Maio de 2022
América Latina

Colheita de soja na Argentina alcança 64,9% da área apta; de milho atinge 25,8%

O rendimento médio nacional está em 3.010 quilos por hectare, e a estimativa de produção foi mantida em 42 milhões de toneladas. 

Com a chegada da frente fria, valor do milho sobe e deixa produtores em alerta no Brasil
16 de Maio de 2022
Insumos

Com a chegada da frente fria, valor do milho sobe e deixa produtores em alerta no Brasil

Os valores do milho voltaram a subir na semana passada, interrompendo, portanto, o movimento de queda diária consecutiva que vinha sendo verificado desde o encerramento de abril

Estimativa da Anec para exportação de soja em maio aumenta para 11,4 mi de toneladas e de milho para 1,2 mi de toneladas
18 de Maio de 2022
Insumos

Estimativa da Anec para exportação de soja em maio aumenta para 11,4 mi de toneladas e de milho para 1,2 mi de toneladas

A previsão é de que sejam enviados 11,483 milhões de toneladas de soja em grãos, ante as 10,615 milhões de toneladas projetadas na semana passada. 

Exportação da soja paraense cresce 124%; alimentação de suínos na China é principal destino
17 de Maio de 2022
Exportações

Exportação da soja paraense cresce 124%; alimentação de suínos na China é principal destino

Percentual de crescimento é um comparativo do período de janeiro abril de 2022 ao mesmo quadrimestre do ano passado

Valorização do dólar aumenta preço da soja no Brasil
16 de Maio de 2022
Insumos

Valorização do dólar aumenta preço da soja no Brasil

Segundo pesquisadores do Cepea, a valorização do dólar frente ao Real atraiu importadores para o Brasil, resultando em aumentos no prêmio de exportação e nos preços domésticos da soja

BRF lança projeto piloto para reaproveitamento de resíduos em filiais de grãos
12 de Maio de 2022
ESG

BRF lança projeto piloto para reaproveitamento de resíduos em filiais de grãos

Iniciativa está em sintonia com a agenda ESG da Companhia e com seu compromisso de gestão sustentável da cadeia

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade