Guia Gessulli
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Noite de celebração

Prêmio Quem é Quem marca abertura da AveSui EuroTier 2019

Vencedores de 12 prêmiações foram revelados com a presença do governador do Paraná, Ratinho Junior

Redação
23-Jul-2019 20:48 - Atualizado em 14/08/2019 14:37

O Prêmio Quem é Quem celebrou por mais um ano o trabalho de milhares de famílias cooperadas do sul do país. A premiação foi o ponto alto na abertura oficial da AveSui EuroTier South America 2019. No total, a premiação reconheceu os vencedores de 12 categorias a partir da votação de integrantes do setor e a avaliação de especialistas no agronegócio.

No discurso de abertura, a diretora da Gessulli Agribusiness e organizadora do evento, Andrea Gessulli, saudou autoridades e visitantes presentes, como o governador do Estado do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior, e compartilhou sua emoção por mais uma edição do encontro. Além disso, Andrea destacou os 110 anos de história da Gessulli a serem completados em outubro.

“Esse é um momento muito especial para mim e o Ricardo, meu irmão. Abrir mais uma edição da AveSui sempre traz emoções e recordações. Quero deixar um agradecimento especial ao senhor Irineo, presidente da Lar, que nos abraçou no ano passado e reforçou a presença do evento na região com a maior produção de proteína animal por metro quadrado do planeta”, disse.

Andrea também reconheceu a parceria com a EuroTier, promovida pela DLG (Sociedade Alemã de Agricultura), nesta edição, bem como a todos os expositores, visitantes e, principalmente, produtores.

“O que é feito neste estado enche o Brasil de orgulho. Comprovam a vocação e a eficiência do estado que, além da proteína animal, também se destaca como maior polo de energia renováveis também contempladas pelas feiras Biomassa Energia e a Energy Decentral”, completou.

O governador do Paraná também teve a palavra e ressaltou que todos conhecem a força do cooperativismo do estado e destacou o empenho do poder público estadual de apoiar as iniciativas para desenvolvimento deste modelo, bem como a produção agrícola em geral.

“As cooperativas e os produtores paranaenses são protagonistas e serão cada vez mais já que a grande demanda do planeta vai ser por comida. O governo do estado tem a função de fomentar isso e uma feira como esta é fundamental para isso. De nossa parte, também, estamos empenhando todo o esforço para também termos o Paraná como livre de aftosa sem vacinação. Viva o cooperativismo”, exaltou.

O primeiro dia da AveSui EuroTier 2019 conta com um espaço de exposições 40% maior do que no ano anterior e a expectativa de público foi revista para cima, após o primeiro dia do evento, e pelo momento favorável para a produção animal, bem como pelas mais de 40 palestras técnicas, 150 expositores e outras atrações como o Espaço Digital Farming.

A abertura oficial do evento foi encerrada com a entrega dos troféus das 12 categorias pelos representantes da AveSui, Ricardo Gessuli, pelo governador Ratinho Júnior, Alexandre Rosa da Agroceres PIC; Rinus Donkers da De Heus.

Prêmio Quem é Quem

A primeira categoria a ser premiada foi a Econômico-financeiro, cuja a grande vencedora foi a Coopercentral Frimesa. A cooperativa conta com mais de 40 anos de fundação e, com foco em suínos e leite, faturou cerca de R$ 3 bilhões em 2018.

Já na categoria Responsabilidade Social, a Languiru foi a ganhadora pois, além de um programa para inclusão de pessoas com deficiência, promove ações como o natal solidário, com apresentações culturais e arrecadação de alimentos para instituições de caridade.

Em Responsabilidade Ambiental, a laureada foi a C.Vale, que desenvolve, mantém e monitora projetos próprios de recuperação e proteção ambiental e conservação de espécies nativas de fauna e flora.

Na premiação sobre Sustentabilidade, a C. Vale, também, foi a ganhadora. Com sede em Palotina, no Paraná, a união obteve a melhor média entre as categorias Econômico-financeira, Ambiental e Social, tripé do conceito de sustentabilidade, para tal reconhecimento.

Por sua vez, o troféu Assistência Técnica foi para o médico veterinário Bruno Alves da Luz, da C.Vale, sendo um dos criadores do Promob, programa de biosseguridade da cooperativa.

Quanta ao prêmio Gestão Operacional Agroindústria, o vencedor foi Antonio Alexandre Wanzuit Junior que, à frente de 65 mil produtores da Aurora, atua no avanço de projetos, gestão de custos e resultados em toda a cadeia produtiva de suínos da cooperativa.

Por sua vez, o troféu de Melhor Cooperado – aves foi para as mãos de Roque Besen, que é cooperado da Lar e proprietário de três aviários climatizados em Santa Helena, onde têm obtidos bons índices zootécnicos por meio de uma correta gestão da produção.

Já o Melhor Cooperado – suínos foi Luciano Miotto, Cooperado da C.Vale, que implantou em sua propriedade sistemas de gestão, tratamento e reaproveitamento de dejetos, além de programas de capacitação de seus colaboradores.

A premiação Mulher Cooperada foi vencida por Eleane Hartmann Knaul. Com forte ligação com o cooperativismo, ela lidera 11 comitês femininos, a partir dos quais articulou o direito da Copagril sediar nesse ano o principal encontro de lideranças femininas cooperativistas.

A startup Trivonati, apoiada pela LAR, foi a grande vencedora da categoria Inovação pelo desenvolvimento de um sistema de monitoramento de dados de ambiência e desempenho em frangos de corte em tempo real, diretamente dos aviários.

O penúltimo prêmio da noite foi a categoria Varejo, na qual a Primato, detentora de uma linha de alimentos com sua marca, entrou para o mercado de cortes de frango a partir de um projeto de intercooperação, agregando valor ao produto comercializado em sua rede de supermercados. 

Enfim, a última categoria da edição 2019 do prêmio “Quem é Quem”, que estreou este ano, foi Biomassa e Bioenergia e Cooperativa Lar foi a ganhadora com o projeto São Roque. A iniciativa fomenta o uso de energias renováveis como fontes limpas para o aumento da eficiência energética, promovendo o uso de biomassa residual das diversas atividades de produção e industrialização.

Vencedores em cada categoria

Econômico-financeiro

- Frimesa

Responsabilidade social

- Languiru

Responsabilidade ambiental

- C Vale

Sustentabilidade

- C Vale

Assistência técnica

- Bruno Alves da Luz (C Vale)

Gestão operacional agroindústria

- Antonio Alexandre Wanzuit Junior (Aurora)

Melhor cooperado – Aves

- Roque Besen (Lar)

Melhor cooperado – Suínos

- Luciano Miotto (C Vale)

Mulher cooperada

- Eleane Hartmann Knaul (Copagril)

Inovação

- Lar

Varejo

- Primato

Biomassa e Bioenergia

- Lar

 

 

Assuntos do Momento

11 de Maio de 2021
Mercado

Produção de suínos na China deve crescer 19% em 2021

Segundo Ministério da Agricultura e Assuntos Rurais da China (MARA), a expansão agressiva da capacidade de fazendas de grande escala em 2020 gerou um aumento estimado no abate de suínos para a China

Novos recursos na economia beneficiam o consumo de suínos
10 de Maio de 2021
Economia

Novos recursos na economia beneficiam o consumo de suínos

No momento, restam ainda mais de R$ 9 bilhões em recursos para serem contratados no Plano Safra 2020/2021

Análise de Mercado - Frango em alta e preço do suíno cai em três estados
10 de Maio de 2021
Mercado

Análise de Mercado - Frango em alta e preço do suíno cai em três estados

Entre os dias 03 e 07 de maio, o preço do frango vivo eleva sua cotação, com exceção de MG que mantém o valor estável. Suíno vivo teve queda de 1,11% em SC, 2,54% no PR e 2,12% no RS

Disponible en español Disponible en español
Na Colômbia carne de porco começa a faltar nos lares
11 de Maio de 2021
América Latina

Na Colômbia carne de porco começa a faltar nos lares

A produção diária na Colômbia é de 1.300 toneladas de carne suína e devido aos efeitos da greve nacional, 720 toneladas / dia deixaram de ser produzidas e comercializadas

Preços do suíno vivo e da carne se enfraquecem, aponta Cepea
13 de Maio de 2021
Mercado

Preços do suíno vivo e da carne se enfraquecem, aponta Cepea

Segundo estudos, a venda de carne no mercado doméstico está enfraquecida

Disponible en español Disponible en español
Greve Nacional na Colômbia com risco de desnutrição em fazendas de suínos
13 de Maio de 2021
Sanidade

Greve Nacional na Colômbia com risco de desnutrição em fazendas de suínos

O presidente da PorkColombia afirmou que em algumas fazendas do país estão contando as horas para iniciar o abate em massa porque não há comida para os porcos

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade