Guia Gessulli
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Santa Catarina

SC exporta US$ 973 milhões em setembro, maior valor para o mês desde 1997

Os principais destaques foram as carnes de aves e suínos, seguidas por componentes industriais.

Redação com informações de NCS Total
08-Out-2021 15:51

Santa Catarina encerrou setembro com exportações de US$ 973,4 milhões, alta de 21,1% frente ao mesmo mês do ano passado. Esse foi o maior valor obtido pelo Estado em setembro desde o início da série histórica em 1997, apurou o Observatório Fiesc, da Federação das Indústrias de Santa Catarina. Os principais destaques foram as carnes de aves e suínos, seguidas por componentes industriais.

As importações alcançaram R$ 2,178 bilhões, o que resultou em déficit mensal de US$ 1,204 bilhão na balança comercial. O principal mercado das vendas externas foram os Estados Unidos e das compras, a China.

As exportações de carnes de aves lideraram, com US$ 161,7 milhões, 71,65% mais do que no mesmo mês de 2020. A carne suína alcançou receita de US$ 129,8 milhões, 41,39% mais frente a setembro do ano anterior. O principal destino das carnes de SC foi a China.

Outros destaques nas vendas externas foram partes de motores, que somaram US$ 47,8 milhões, 54,19% mais ante o mesmo mês de 2020, e motores elétricos, que faturaram US$ 46,8 milhões, com alta de 98,30% na mesma comparação. Esses produtos industriais, de alto valor agregado, foram vendidos em função da retomada da economia em países desenvolvidos em função do avanço das vacinas. Os principais mercados de SC no exterior, na ordem, foram EUA, China, Chile, Argentina e México.

Nas importações, a balança comercial catarinense segue com destaque. Foi a segunda do ranking nacional, atrás apenas de São Paulo. Os produtos mais importados são insumos industriais de produtos para o mercado interno e externo. Na lista dos mais comprados em setembro estiveram cobre refinado (US$ 119,4 milhões), revestimentos de ferros laminados planos (US$ 69,1 milhões), fios de filamentos sintéticos (US$ 41,1 milhões), pneus de borracha (US$ 40,5 milhões) e semicondutores (US$ 37,4 milhões).

Apesar das novas dificuldades do mercado mundial em função do aumento da inflação, a expectativa é de que as vendas externas de Santa Catarina consigam manter ritmo de crescimento. Isso porque os negócios internacionais demoram alguns meses para mudar e as crises vão se resolvendo. A única preocupação é com a compra de carne suína pela China, que está caindo porque o país retomou maior nível de produção, superando, em parte a peste suína africana. Mas as agroindústrias estão buscando outros mercados.

Assuntos do Momento

19 de Outubro de 2021
Diversidade Cultural

Mais de 120 colaboradores da BRF carimbam o passaporte e atuam em diferentes países

Com experiência no exterior e apoio da Companhia, profissionais enriquecem currículo, compartilham conhecimentos e promovem a diversidade cultural

BRF anuncia mais habilitações de Cingapura para exportação de produtos suínos
22 de Outubro de 2021
Expansão

BRF anuncia mais habilitações de Cingapura para exportação de produtos suínos

Já a unidade de Lucas do Rio Verde (MT) obteve autorização para a venda de suínos e seus miúdos

BRF investe R$ 5,5 milhões em modernização do laboratório industrial em Lucas do Rio Verde
20 de Outubro de 2021
Investimento

BRF investe R$ 5,5 milhões em modernização do laboratório industrial em Lucas do Rio Verde

Estrutura foi ampliada e conta com os mais modernos equipamentos para garantir a qualidade da análise de produtos da Companhia 

22 de Outubro de 2021
Evento

BRF marca presença na Expo Dubai 2020

Companhia mantém importante atuação no mercado Halal com indústrias na região e exportação de produtos a partir de diversas unidades pelo Brasil

Veto da China à carne bovina brasileira já dura mais de um mês e assusta governo
19 de Outubro de 2021
Suspensão

Veto da China à carne bovina brasileira já dura mais de um mês e assusta governo

No início de setembro, o Brasil suspendeu os embarques da proteína ao país asiático depois da confirmação de casos da vaca louca

Brasil conclama China a avançar no comércio de carne
20 de Outubro de 2021
Negociação

Brasil conclama China a avançar no comércio de carne

Embaixador brasileiro diz que o governo acredita em progresso no reconhecimento pela China do status do Brasil como livre de febre aftosa e como um país de ‘risco insignificante’ para a doença da vaca louca

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade