Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Cooperativismo

Sistema OCB apoia novo Marco de Cooperação para o Desenvolvimento Sustentável

O presidente do Sistema OCB, Márcio Lopes de Freitas, reforçou que um dos pilares do cooperativismo é garantir o desenvolvimento regional e a prosperidade global

Redação, com informações OCB
27-Mai-2022 09:00

O Sistema OCB participou, na terça-feira (24/05), de evento de divulgação do Processo de Elaboração do Novo Marco de Cooperação das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável (UNSDCF), 2023-2027. O documento servirá como um guia para que a Organização das Nações Unidas (ONU) atue em diversos setores do Brasil para implementar a Agenda 2030 [plano de ação para pessoas, planeta e prosperidade], aprovada por 193 países membros da organização.

Pilares - O presidente do Sistema OCB, Márcio Lopes de Freitas, reforçou que um dos pilares do cooperativismo é garantir o desenvolvimento regional e a prosperidade global. “Desde o início do pacto para a Agenda 2030, temos reforçado a importância do papel das cooperativas na implantação dos ODS no Brasil. Somos agentes de mudanças capazes de fazer das dificuldades novas oportunidades. Assim, as Nações Unidas e o Governo Brasileiro podem continuar contando com nosso apoio na elaboração e aplicação dessas políticas”.

Condução - A reunião foi conduzida pela diretora-substituta da Agência Brasileira de Cooperação (ABC/MRE), ministra Mariana Madeira, e pela coordenadora Residente das Nações Unidas no Brasil, Silvia Rucks. As etapas, os atores e os resultados esperados para a cooperação integram a construção do plano de trabalho que priorizará cinco eixos estratégicos: transformação econômica; inclusão social; meio ambiente e mudança climática; governança e capacidade institucional; e prevenção de conflitos e a relação entre ações humanitárias, ações de desenvolvimento e esforços para a consolidação da paz.

Visão brasileira - Durante o evento, o Governo Federal apontou a visão brasileira sobre o Marco, bem como a sua correlação com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), com o Plano Plurianual (PPA 2020-2023) e com a Estratégia Federal de Desenvolvimento (EFD 2020-2031). (Sistema OCB)

Assuntos do Momento

23 de Junho de 2022
Mercado Interno

Mesmo com entrada de 2ª quinzena, preços no mercado de suínos sobem

Segundo pesquisadores do Cepea, no caso do animal vivo, esse movimento de reação é influenciado pela baixa disponibilidade de suíno em peso ideal para abate, pelo clima ameno e por eventos festivos que favorecem o consumo

CNA pede mais R$ 710 milhões em 2022 para subvenção de apólices da safra verão
23 de Junho de 2022
Seguro Rural

CNA pede mais R$ 710 milhões em 2022 para subvenção de apólices da safra verão

Segundo nota da entidade, o crédito extra é necessário para garantir a cobertura do plantio da próxima safra de verão 2022/23 

21 de Junho de 2022
Exportações

Exportações de carne suína diminuem, mas mercado interno dá sinais de ajuste de oferta

Veja o panorama completo do mercado interno e externo de suínos durante o mês de junho

Aumento da margem de carne suína na China pode beneficiar grandes indústrias, como JBS e BRF
23 de Junho de 2022
Mercado

Aumento da margem de carne suína na China pode beneficiar grandes indústrias, como JBS e BRF

Após a redução no rebanho que vinha ocorrendo em função da diminuição da margem de carne suína na China, maio foi o primeiro mês de aumento do rebanho em 2022

Produção global de carne suína em 2022
22 de Junho de 2022
Comentário Suíno

Produção global de carne suína em 2022

Por Osler Desouzart, CEO da ODConsulting

Cresce a demanda por carne de frango e suína em Posadas, na Argentina
23 de Junho de 2022
Argentina

Cresce a demanda por carne de frango e suína em Posadas, na Argentina

“No total mais ou menos nós argentinos consumimos 110 kg de carne por ano e agora caiu para 47 kg, segundo os últimos dados que são de 2021”, disse Mariela Bernardi, administradora do Mercado Concentrado Posadas.

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade