19-Mar-2018 16:15 - Atualizado em 19/03/2018 17:23
Mercado

Suinocultores do RS concluem sugestões para o Mapa

, Reprodução/Thais Davila
.Reprodução/Thais Davila
O pesquisador da Embrapa Suínos e Aves, Nelson Morés, participou, na manhã desta segunda-feira, (19/03), da reunião do Conselho Técnico Operacional de suinocultura do Fundesa. O objetivo foi esclarecer dúvidas e fechar as sugestões que o setor vai enviar ao Ministério da Agricultura para a regulamentação da IN44/2017, que trata da compartimentação da produção suína. Morés apresentou aos presentes um documento da Embrapa sobre Biosseguridade Mínima para granjas de suínos, que serviu como base para elaborar algumas sugestões.

Temas como dimensões de cercamento e higiene pré e pós entrada nas granjas foram debatidas. Um documento com as sugestões será enviado ao Ministério da Agricultura nos próximos dias. “O grande ganho é uma proposta com sugestões que contemplam a realidade do setor produtivo gaúcho, que já vem trabalhando há bastante tempo  no aprimoramento das condições sanitárias”, afirma o presidente do Fundesa, Rogério Kerber.

Participaram do encontro, além do especialista, a coordenadora do Programa Nacional de Sanidade Suína do RS, Juliane Webster Galvani. Ela explica que no Rio Grande do Sul, o entrosamento entre a área técnica do setor privado - produtores e indústrias – e o serviço oficial contribui “com a convergência de ações para o melhor cumprimento possível das normas”.  Há alguns dias, Juliane acompanhou a coordenadora nacional do programa, Lia Coswig, em visita a granjas com potencial para participar da compartimentação. Lia viu com bons olhos o trabalho conjunto.

Ascom
Deixe seu Recado