Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Negócios

Toledo do Brasil desenvolve balança para o pequeno comércio

A balança é tanto adequada a venda direta ao público no balcão, como também na preparação de produtos comercializados em bandejas para exposição em gôndolas

Redação com informações de Panorama de Negócios
10-Mai-2021 08:13

Para atender a demanda de rotisseries, açougues, sorveterias, hortifrutis, mercearias e minimercados, que normalmente não dispõe de um balcão de grandes dimensões em seu estabelecimento, o  varejista de pequeno e médio porte pode contar com a Prix 4 Uno, desenvolvida pela Toledo do Brasil, é a balança computadora ideal, devido ser compacta e oferecer os recursos de rotulagem para as mercadorias.

A Prix 4 Uno foi idealizada de modo conferir todos os recursos e funções necessárias para a venda de produtos por peso ou quantidade. Assim sendo, a balança é tanto adequada a venda direta ao público no balcão, como também na preparação de produtos comercializados em bandejas para exposição em gôndolas.

Com design moderno, a Prix 4 Uno também pode ser usada, opcionalmente, como um equipamento de gestão, se a balança for integrada ao MGV Cloud (Módulo Gerenciador de Vendas). Ferramenta essencial aos estabelecimentos de pequeno e médio porte, a solução de gestão, também desenvolvida pela Toledo do Brasil, é capaz gerenciar o estabelecimento comercial, permitindo ao varejista o controle de todas as pesagens e, consequentemente, saber quais mercadorias são mais vendidas ou não, operacionalizando com maior eficiência o seu negócio e minimizando perdas.

A Toledo do Brasil Indústria de Balanças Ltda. é líder na área de pesagem no País. Possui uma fábrica em São Bernardo do Campo (SP), 20 filiais nas principais cidades brasileiras, mais de 1.300 colaboradores, dos quais 400 são técnicos próprios que atuam em todo o território nacional. Além disso, possui sua própria marca registrada Prix, utilizada em centenas de milhares de produtos do mercado varejista e incorporada às soluções industriais, de exportação e de serviços, aliada a uma rede com mais de 2.000 revendedores e assistências técnicas autorizadas.

Assuntos do Momento

23 de Junho de 2022
Mercado Interno

Mesmo com entrada de 2ª quinzena, preços no mercado de suínos sobem

Segundo pesquisadores do Cepea, no caso do animal vivo, esse movimento de reação é influenciado pela baixa disponibilidade de suíno em peso ideal para abate, pelo clima ameno e por eventos festivos que favorecem o consumo

CNA pede mais R$ 710 milhões em 2022 para subvenção de apólices da safra verão
23 de Junho de 2022
Seguro Rural

CNA pede mais R$ 710 milhões em 2022 para subvenção de apólices da safra verão

Segundo nota da entidade, o crédito extra é necessário para garantir a cobertura do plantio da próxima safra de verão 2022/23 

21 de Junho de 2022
Exportações

Exportações de carne suína diminuem, mas mercado interno dá sinais de ajuste de oferta

Veja o panorama completo do mercado interno e externo de suínos durante o mês de junho

Aumento da margem de carne suína na China pode beneficiar grandes indústrias, como JBS e BRF
23 de Junho de 2022
Mercado

Aumento da margem de carne suína na China pode beneficiar grandes indústrias, como JBS e BRF

Após a redução no rebanho que vinha ocorrendo em função da diminuição da margem de carne suína na China, maio foi o primeiro mês de aumento do rebanho em 2022

Produção global de carne suína em 2022
22 de Junho de 2022
Comentário Suíno

Produção global de carne suína em 2022

Por Osler Desouzart, CEO da ODConsulting

Cresce a demanda por carne de frango e suína em Posadas, na Argentina
23 de Junho de 2022
Argentina

Cresce a demanda por carne de frango e suína em Posadas, na Argentina

“No total mais ou menos nós argentinos consumimos 110 kg de carne por ano e agora caiu para 47 kg, segundo os últimos dados que são de 2021”, disse Mariela Bernardi, administradora do Mercado Concentrado Posadas.

Mais assuntos do momento
Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade