Guia Gessulli
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Peste Suína Africana

USDA vai designar Porto Rico e Ilhas Virgens Americanas como zonas de proteção contra peste suína africana

USDA vai designar Porto Rico e Ilhas Virgens Americanas como zonas de proteção contra peste suína africana

Redação com informações de Broadcast Agro
30-Ago-2021 09:10

O Serviço de Inspeção de Saúde Animal e Vegetal (Aphis) do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) deve designar Porto Rico e Ilhas Virgens Americanas como zonas de proteção para peste suína africana (PSA), após a detecção da doença no mês passado na República Dominicana. Caso as zonas de proteção sejam reconhecidas pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), os Estados Unidos contíguos poderão manter seu status de saúde animal, mesmo que a doença seja identificada naqueles territórios.

A PSA ainda não foi detectada em Porto Rico ou nas Ilhas Virgens Americanas, disse o Aphis, acrescentando que a medida está sendo tomada por excesso de cautela para proteger o plantel de suínos dos EUA e os interesses de criadores americanos. "Assim que a OIE reconhecer a(s) zona(s) de proteção, o Aphis trabalhará para confirmar se os países individuais reconhecem e aceitam a(s) zona(s)", disse o serviço do USDA em comunicado. "Seu reconhecimento garantirá o fluxo contínuo das exportações de carne suína e de suínos vivos dos EUA."

O Aphis disse ainda que está trabalhando ativamente com autoridades da República Dominicana, oferecendo aconselhamento técnico e assistência sobre vigilância, quarentena, abate e métodos de descarte, e fornecendo suporte para testes e equipamento de proteção individual adicional.

Segundo a StoneX, a notícia é positiva para a indústria de suínos dos EUA. "Desde que a PSA foi detectada na República Dominicana, havia uma preocupação de que, se a doença fosse encontrada em Porto Rico, os EUA seriam designados oficialmente como infectados pela PSA para o comércio global", disse a consultoria.

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade