Guia Gessulli
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Relatório

Vendas da divisão de saúde animal da Boehringer Ingelheim atingiram 4,1 bi de euros em 2020

Annual report divulgado pela empresa mostra crescimento global de 5% da divisão em relação a 2019, mesmo com o cenário da pandemia de Covid-19

Redação
07-Abr-2021 16:45

A Boehringer Ingelheim divulgou seus resultados financeiros globais referentes ao ano de 2020 e apontou que o desempenho da sua divisão de Saúde Animal apresentou crescimento de 5% em relação ao ano anterior, já ajustado para efeitos cambiais. No total, a divisão registrou vendas líquidas de € 4,12 bilhões. Os segmentos de antiparasitários para suínos e animais de companhia foram os que tiveram o maior destaque.

"Os resultados globais mostram que a Boehringer Ingelheim Saúde Animal segue no caminho certo, disponibilizando soluções e tecnologias para os animais, que, consequentemente, têm efeito positivo sobre a saúde dos humanos, pois estamos interconectados no mesmo ecossistema", afirma Fábio Barone, Head da área de Saúde Animal no Brasil. "Os números refletem também que os produtos que a empresa comercializa são essenciais para a evolução do agronegócio e do mercado de pets, que não pararam durante a pandemia de Covid-19".

O produto da divisão de Saúde Animal da empresa mais vendido foi o antiparasitário para cães NexGard®, com € 804 milhões no mundo, 12% superior ao registrado em 2019, já ajustado pelos efeitos cambiais. O segundo lugar em vendas globais ficou por conta do antiparasitário para cães e gatos Frontline®, com € 406 milhões em vendas líquidas e crescimento ajustado de 9,2%. O principal destaque em relação ao crescimento foi o Ingelvac® CircoFLEX, que previne e controla doenças associadas ao circovírus suíno, registrando aumento de 14,9% nas vendas líquidas, também ajustado por efeitos cambiais, com € 264 milhões. Este cenário reflete a diminuição da Peste Suína Africana na China.

"Os números refletem a força do segmento pet no mundo. No Brasil, pudemos observar ainda mais esta tendência de crescimento na divisão de Saúde Animal, que foi superior à média do nosso negócio global. Os pilares deste resultado foram os negócios de pets, suínos e ruminantes, que apresentaram crescimento de dois dígitos em 2020", afirma Barone "Para 2021, a perspectiva é manter o crescimento em Pets e nas outras duas unidades de negócio da divisão, Aves e Suínos e Grandes Animais, com lançamentos de novos produtos e serviços".

Investimentos no Brasil

Como exemplo dos investimentos que a Boehringer Ingelheim Saúde Animal vem fazendo no Brasil, a empresa inaugurou no primeiro semestre de 2021 um "Incubatório Escola" para capacitação e treinamentos de técnicos, pesquisadores e médicos-veterinários que atuam nas atividades relacionadas à vacinação e incubatório de ovos no setor avícola no Brasil. Essa é uma estrutura pioneira no Brasil, dentro deste modelo, e teve um investimento total de R? 1 milhão.

Além disso, a empresa lançou também a Volvac® IB Fit, vacina de rápida replicação e indução de imunidade em aves para prevenção de bronquite infecciosa. Há a perspectiva de novos lançamentos neste ano.

 

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade