Basf SI
Peste Suína Africana AveSui Inside Cooperativas Agroindústrias Bem - Estar Animal América Latina Comentário Suíno Economia Empresas Exportação Eventos e Cursos Genética Geral Insumos Manejo Meio Ambiente Mercado Externo Mercado Interno Nutrição Piscicultura Pesquisa e Desenvolvimento Processamento de Carne Sanidade Sustentabilidade Saúde Animal Tecnologia Revista Todos os Vídeos TV Gessulli no YouTube Edições Revista Digital Anuncie
Relações Internacionais

Vice-Presidente da Costa Rica visita o IICA e apoia o trabalho conjunto em agricultura orgânica

O diretor Geral do IICA, Manuel Otero, recebeu Stephan Brunner Neibig e revisaram os alcances dos programas de cooperação do IICA e as iniciativas que fazem parte do programa “IICA de Portas Abertas”

Redação, com informações IICA
05-Ago-2022 07:48

O Vice-Presidente da Costa Rica, Stephan Brunner Neibig, visitou a Sede Central do Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA), em São José, onde teve contato com os programas e iniciativas do organismo internacional especializado em desenvolvimento agropecuário e rural, que executa trabalhos em áreas como circuitos de comercialização, relevo geracional no setor agrícola e agricultura orgânica no país centro-americano, visando melhorar a rentabilidade do setor.
 
Em uma reunião com o Diretor Geral Manuel Otero, o Vice-Presidente Brunner Neibig se inteirou dos alcances dos programas de cooperação do IICA e depois visitou o laboratório de inovação agropecuária Fab-Lab e o Centro de Interpretação do Amanhã da Agricultura (CIMAG), duas iniciativas que fazem parte do programa “IICA de Portas Abertas”, que vinculam o Instituto diretamente com a sociedade costarriquenha.
 
“Falamos sobre alguns programas que me interessam muito, como o vinculado à agricultura orgânica, que tem âmbito hemisférico, e o programa de empreendedores agrícolas, voltado para os jovens, algo que realmente nos interessa bastante, uma vez que é muito importante para nós manter a base produtiva nos territórios, para atrair e manter os jovens no campo”, disse o Vice-Presidente costarriquenho ao término da visita.
 
“Tradicionalmente o setor agropecuário é muito importante, e nós o valorizamos ainda mais. É um grande exportador e um grande gerador de empregos. E precisamos reverter a tendência dos jovens saírem das áreas rurais e migrar para as cidades. Precisamos reordenar os territórios, devolver áreas à natureza e, sobretudo, evitar a erosão que está gerando problemas nos rios e na foz dos rios e mares. Isso é muito importante para nós”, acrescentou.
 
Na atual conjuntura, além disso, o Vice-Presidente da Costa Rica indicou que seu país precisa “atuar no tema da segurança alimentar” e manifestou que, no caso de grãos básicos em que a produção local não é suficiente para o abastecimento, “precisamos ter reservas”, pois “é a única forma para um país importador conseguir gerar segurança alimentar nesses produtos”.
 
No mesmo sentido, afirmou que “o que precisamos fazer é aproximar a produção dos centros de consumo, reduzir um pouco as cadeias de abastecimento, para gerar essa segurança (alimentar), sobretudo dos produtos perecíveis”.

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência de navegação, para medir o tráfego, e para fins de marketing. Para mais informações, por favor visite nossa política de privacidade. Política de Privacidade